Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Apeadeiro da Mata

Apeadeiro da Mata

30
Out22

Aldeia da Mata está de Parabéns!

Francisco Carita Mata

Lançamento de livro: “Memórias e Poesias”

De: Falcão da Costa.

E um Poema: «Memórias de um Pastor»

 

Foi apresentado ontem, dia 29/10/22, sábado, pelas 16 h., o livro “Memórias e Poesias” de A. Falcão da Costa, na esplanada da piscina, em Aldeia da Mata.

Este livro é mais um documento sobre a nossa Terra, demonstrativo do amor e gratidão que o Autor dedica à sua Terra Natal, a localidades do Concelho do Crato, ao Alentejo. Textos narrativos em prosa e poesias, que nos falam de tempos passados vividos pelo Autor ou por ele presenciados ou do seu conhecimento.  De lugares e pessoas notáveis da nossa Aldeia, do nosso Concelho. De experiências de vida do Sr. António Falcão da Costa, dos seus Familiares. São prosas e versos que se leem com muito agrado.

Li o livro de uma assentada, no domingo passado, dia 23 de Outubro. Gostei.

Muitos textos documentados com fotos específicas e originais, reportando-se ao respetivo conteúdo, outros com reproduções obtidas na internet.

Está de parabéns Aldeia da Mata, mas muito especialmente o Autor: Falcão da Costa. Também a Junta de Freguesia, Amigos e Familiares que apoiaram a produção, a construção, a edição, a apresentação de mais esta Obra que enriquece o Património da Freguesia. Também todos os Conterrâneos, Matenses de nascimento, de adopção ou afinidade, que compareceram nessa apresentação, que leram ou irão ler o livro.

*******

Ovelhas Vale de Baixo. Foto Original. Out.22

«MEMÓRIAS DE UM PASTOR»

«Sou pastor

Tenho o meu cuidado

Adoro o meu labor

Amigo do meu cajado

 

Sou pastor

No vale e na serra

Adoro o meu labor

Cá na minha terra

 

Sou pastor

Desde o amanhecer

Adoro o meu labor

Até ao anoitecer

 

Sou pastor

É a minha missão

Adoro o meu labor

É a minha solidão

 

Sou pastor

Olho as estrelas no Verão

Adoro o meu labor

Assim passo o meu serão.»

 

“Este poema foi um derivado de palavras numa tarde de Verão junto ao Monte do Vale dos Homens com o pastor o ti António Bacalhau.»

*******

Foto?!

Original. De ovelhas, no “Vale de Baixo”, mas sem pastor, que agora as ovelhas praticamente já não são guardadas por pastores. Tempos modernos! É também esse um dos valores do livro: documenta-nos, fala-nos, relata-nos sobre tempos, modos de vida que já não existem. Mas que importa relembrar e testemunhar! Conforme o Autor, Falcão da Costa, também várias vezes refere.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D