Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Apeadeiro da Mata

Apeadeiro da Mata

05
Dez22

Em que é que acredito no Natal?

Francisco Carita Mata

Enfeites de Natal. Foto Original. 05.12.22.

Já não acredito no Pai Natal!

Aliás, nunca cheguei a acreditar.

O Pai Natal já nasceu após o meu tempo de acreditar.

No meu tempo de acreditar, ainda acreditei, mas no Menino Jesus.

O Pai Natal não fez parte dos meus sonhos de menino.

Já nasceu muito tempo depois de eu ter nascido.

Por isso nunca tive a oportunidade de o conhecer, quando menino.

Nunca pude, pois, acreditar no Pai Natal.

Agora ainda menos.

Então, em que é que eu acredito no Natal?!

*******

Coroa de Natal. Foto original. 05.12.22.

Este poema começou a ser congeminado a 29/08/22, mas só foi concluído em 18/11/22, em Aldeia da Mata. A partir deste, construí a décima publicada em Aquém-Tejo. Ambos os poemas versam o tema Natal, embora em estruturas formais diferentes.

Esta publicação em “Apeadeiro” é a centésima. Também por isso escolhi publicar este texto poético, talvez prosa poética, reportando também para o outro, estruturado em forma rimada.

Árvore de Natal. Foto original. 05.12.22.

Ambos são ilustrados com os enfeites na Casa-Museu de Aldeia da Mata.

Os enfeites foram alterados. Figura a "Coroa de Natal" e acrescentei um elemento. Frutos de um arbusto autóctone.

Muito Obrigado a si que tem a amabilidade de nos ler, visitar, visualizar, comentar.

Saúde e Paz com Poesia e Alegria!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D