Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Apeadeiro da Mata

Apeadeiro da Mata

03
Abr22

Efeito das Poeiras do Sahara no Quintal: Aldeia da Mata

Francisco Carita Mata

A Roseira Rosa, após a Chuva sobre as Poeiras do Sahara!

Quintal de Aldeia da Mata.

Efeito das Poeiras no Quintal. Foto Original. 2022.03.26.jpg

Esta foto é de 26 de Março. Na sequência das chuvas, fracas, caídas sobre as poeiras provenientes do Deserto do Sahara, arrastando-as e depositando-as sobre as plantas, carros, telhados, casas...

Era preciso que chovesse mais. Para que os pós fossem efetivamente arrastados para o solo e levados pelas águas pluviais.

A Natureza também tem os seus quês e porquês. Os seus desastres e desgraças.

Não é preciso que seja o Homem a criá-los. As guerras, por ex.

Façam a Paz. Cessar Fogo. Negociações. Retirada das tropas invasoras!

A-Paz-não-a-guerra

 

05
Fev22

E a Luz venceu a Escuridão!

Francisco Carita Mata

Colocação da lâmpada no poste do “Quintal de Doutor Agostinho”!

Luz venceu escuridão. Foto original. 2022.02.01.jpg

Não, não é uma crónica sobre o mítico Estádio da Luz, lá para os lados da Estrada da Luz, mas onde parece imperar, de facto, a escuridão!

Estava eu no remanso do ancestral “Chão da Atafona”, alindando um canteirão do jardim, do meu escritório campestre. Isto, no dia um de Fevereiro, véspera do “Dia da Senhora das Candeias”, também nomeada “Senhora da Luz”!

Apercebendo-me de alguma movimentação para os lados do “Quintal de Doutor Agostinho”, qual não é o meu espanto e contentamento, quando observo um indivíduo alcandorado no célebre poste do dito quintal, já por diversas vezes referenciado nos blogues a que me dedico.

Colocação lâmpada. Foto original. 2022.02.01.jpg

“E fez-se luz”! Estavam a instalar um candeeiro de iluminação no poste, conforme vimos requerendo há algum tempo. Aleluia! É mesmo o efeito da “Senhora da Luz”!

Excelente! A situação merece ser documentada, pensei. Fui a casa buscar o telemóvel. Entretanto falei com os profissionais que estavam tratando do assunto, fotografei, pedi autorização ao jovem que estava colocando o candeeiro e respetiva lâmpada, para publicar foto. Que autorizou. Uma das que documenta o postal. Ao início da noite, fui verificar o local iluminado. Outra foto documental, a que o titula.

E agora?!, dir-me-ão. É só uma lâmpada! É verdade. Mas contraponho: uma caminhada faz-se com o primeiro passo.

E o que se diz quando nos fazem alguma coisa que pedimos? Pois… Muito Obrigado. Obrigado, é sempre uma palavra muito bonita, que devemos usar com frequência.

Os meus agradecimentos a todas as Entidades competentes que diligenciaram nesse sentido: Autarquias - Câmara Municipal de Crato, Junta de Freguesia de Aldeia da Mata, Proteção Civil, Empresa que instalou a lâmpada. “Visabeira” figurava na carrinha em que se deslocaram os trabalhadores. Agradecimento a estes profissionais, com especial realce para o jovem que se alcandorou ao poste, conforme fotografia. Sem o seu trabalho nada feito. Muito obrigado. Grato também aos Vizinhos que também se interessaram e colaboraram e aos Matenses que, em cargos específicos, deram o seu contributo.

E, novamente…. Só por uma lâmpada?! … Uma caminhada faz-se com o primeiro passo.

E, ainda para as Entidades competentes: Agora, é preciso arranjar esse “entroncamento” da Azinhaga do Poço dos Cães com a Azinhaga da Atafona / Travessa do Fundão.

E votos de muita Saúde, para todos e também, especialmente para si, Caro/a Leitor/a.

 

23
Out21

São rosas... e rosas ... e rosas!

Francisco Carita Mata

Flores do meu Quintal (IV)

Rosa rosa. Foto Original. 2021.10.19.jpg

Rosas... e mais rosas!

Rosas rosas. Foto Original. 2021.10.19.jpg

Este tempo, o nosso clima, é extraordinário. Já quase no final de Outubro, o "Verão dos Marmelos", já deveria ter acabado e verdadeiramente já faz falta uma chuvinha... Mas, em contrapartida, dá-nos rosas... E mais rosas!

Rosa rosa. Foto Original. 2021.10.19.jpg

Um acervo de rosas, fotografadas a 19 e 20 de Outubro.

Rosa branca. 2021.10.19.jpg

Contemple este lindo botão de rosa branca. Matriz da anterior, já bem aberta.

Botão de rosa. Foto original. 2021.10.19.jpg

Admire! 

Botão de rosa. Foto Original. 2021.10.20.jpg

(Este botão é de uma roseira que comprei já há bastantes anos. Das poucas que obtive comprando. A maioria, apanho-as por aí...ou oferecem-mas.)

Aprecie, SFF!

Rosa de Santa Teresinha. Foto Original. 2021.10.20.jpg

(Rosa de Santa Teresinha!)

E, para terminar, mais uma rosa rosa. Com botão. Para não acabar a geração!

Rosa e botão. Foto original. 2021.10.19.jpg

(Irmã das que enfeitam as três primeiras fotos.)

Haja Saúde. E muitas rosas!

 

02
Out21

Gatos no meu Quintal (I)!

Francisco Carita Mata

Sim! Que no meu Quintal não há apenas flores!

E também um ninho.

A propósito do postal anterior e de “Cats”, hoje escrevo sobre os gatitos que resolveram adotar o Quintal, como poiso de contemplação, de amesendação fugidia, de treino atlético, de veraneio.

Gato no quintal. Foto original. 2021.08.08.jpg

Sim! Porque foi mais ou menos no início do Verão, finais da Primavera, que eles começaram a assentar mais no espaço.

Terão começado a frequentar o território ainda antes, que não consigo precisar bem.

Primeiro foi a mãe gata. A breve trecho, apareceu com dois gatinhos. Ou gatinhas, que não sei distinguir. São pedreses, conforme a imagem documenta.

Foram ganhando confiança. Fomos deixando comida em recipientes, à sombra, abrigados do calor. Que no Verão abrasa. Também vários depósitos com água, espalhados pelo espaço. Água também para a passarada e outros animais, insetos, que abundam. Também as aves, na Primavera, têm poiso certo. Inclusive, fazem ninhos todos os anos. Este ano, pelo menos dois que detetámos. Hei de apresentar mais fotos.

Ninho. Roseira Avó. Foto Original. 2021.09.05.jpg

Os gatos, nos meses anteriores, Agosto e Setembro, foi vê-los nas poses tão peculiares, de esfinges, observando-nos. Como a foto evidencia. Nos muros, emoldurados pela videira e as uvas. Nos taludes, sempre a alguma distância. Se nos deslocamos, logo fogem, subindo as árvores, trepando os postes das latadas, galgando os muros.

Mas sempre à coca.

Acompanhando-nos, principalmente ao final da tarde. Buscando comida, sempre a correr… fugidios.

Coisas de Gatos, digamos… ou Gatas, que não sei!

Saúde!

30
Set21

Flores do Quintal (II)

Francisco Carita Mata

Flores de Julho!

Volto a publicar um postal com “Flores do Quintal”. Este é o 2º no “Apeadeiro”!

Com flores do mês de Julho!

Algumas já têm comparecido nestas galerias floridas, noutras fotos, tanto no “Apeadeiro”, como em “Aquém-Tejo”. Outras são novas.

A primeira é de “Rosa de Cheiro”. Esta Roseira é extraordinária. Dá flores praticamente todo o ano!

Rosa de Cheiro. Foto original. 2021.07.21.jpg

Rosa Branca. Temos duas roseiras brancas diferentes no Quintal. (Para além das “Rosas de Nossa Senhora”, ou “Rosas da minha Avó”!)

Rosa branca. Foto original. 2021.07.21.jpg

Agapanto: é um espanto!

Agapanto. Foto original. 2021.07.21.jpg

Nardo, em cacho. Esta planta exala um perfume adocicado, principalmente ao final do dia.

Nardo em cacho. Foto original. 2021.07.21.jpg

Nardo: uma flor isolada!

Nardo. Foto original. 2021.07.21.jpg

E uma flor final, que não nomeio.

Malvasardinha. Foto original. 2021.07.21.jpg

Caro/a Leitor/a, saberá dizer-me o nome da planta que “dá” esta flor?!

(A foto não a favorece muito, mas acho que consegue decifrar que planta é. Decifrar, sem fazer qualquer consulta. SFF!)

Saúde e Muito Obrigado pela sua atenção!

 

26
Set21

Flores do meu Quintal (I)

Francisco Carita Mata

Frutos do meu Vale!

Em sotaque alentejano, Quintal e Vale, até rimam!

Rosa no Chão. Foto original. 2021.09.23. jpg

Esta semana pré-eleitoral passei-a na minha Aldeia. Mas não por quaisquer razões relacionadas com esse facto. Vamos até lá, regularmente. Gostei de ver o entusiasmo dos candidatos. Que, ao assumirem a gestão da Autarquia, mantenham esse afã, é o que eu desejo a todos. Com muita Saúde. São os votos que formulo para todos e cada um, quem quer que seja que venha a tomar o “leme do barco”. Friso!

Rosa de Santa Teresinha. Foto original. 2021.09.18.jpg

Hoje, trago-vos, Caros/as Leitores/as, imagens de “Flores do meu Quintal”.

Rosas de Santa Teresinha. Foto original. 2021.09.19.jpg

A foto que titula o postal é de uma linda rosa rosa. Essa é do Chão, que é um "prolongamento" do Quintal. Resultou essa roseira de um enxerto que fiz de roseira rosa, numa matriz de roseira brava branca. Vive num contexto adverso, mas todos os anos floresce.

Rosas de Santa Teresinha, as segunda e terceira fotos. Extraordinárias estas rosas, florescem praticamente todo o ano.

Rosa branca

Rosa branca. Foto original. 2021.09.18.jpg

Alecrim florido, em final de Verão.

Alecrim florido. Foto Original. 2021.09.20.jpg

Rapaziada.

(Esta tem flores vermelhas e brancas!)

Rapaziada. Foto original. 2021.09.20.jpg

Despedidas de Verão

Despedidas de Verão. Foto original. 2021.09.19.jpg

Despedida de Verão, em botão.

Despedida de Verão em botão. Foto original. 2021.09.19.jpg

E os “Frutos do meu Vale”?

Esses aparecerão noutro postal, ainda em botão, no blogue “Aquém-Tejo”!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D