Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Apeadeiro da Mata

Apeadeiro da Mata

13
Jun23

Uma Canção de Camões!

Francisco Carita Mata

«JÁ A ROXA MANHÃ CLARA»

   «Já a roxa manhã clara

Do Oriente as portas vem abrindo,

Dos montes descobrindo

A negra escuridão da luz avara.

O Sol, que nunca pára,

Da sua alegre vista saudoso,

Trás ela, pressuroso,

Nos cavalos cansados do trabalho,

Que respiram nas ervas fresco orvalho,

Se estende, claro, alegre e luminoso.

Os pássaros, voando,

De raminho em raminho vão saltando,

E com suave e doce melodia

O claro dia estão manifestando.

(…) (…) (…) (…)

Pôr-do-sol. Foto original.17.04.23.

   Canção de cisne, feita na hora extrema,

Na dura pedra fria

Da memória te deixo, em companhia

Do letreiro da minha sepultura;

Que a sombra escura já me impede o dia

*******

 In. “…  Sonetos e Canções (Camões) – para o 5º ano dos Liceus – Porto Editora – Porto

Por J. Simão Portugal e M. Francisco Catarino

Edição: Anos 60? (séc. XX).

(pp. 91, 93.)

*******

Nunca é demais homenagear Luís Vaz de Camões.

Para além de Sonetos… também Canções!

(Hoje também é Dia de Outro Poeta!)

*******

Foto?! Pôr do Sol, em Aldeia da Mata (17/04/23). É mais difícil "apanhar" o Nascer do Sol!!!!

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D